Thursday, December 01, 2005

Refluxo da direita

Talvez sugestionado pela coincidência das siglas, José António Lima confunde a possibilidade de criação de um Partido Social Liberal (PSL) com a recente chegada à frente de Santana e Portas.
Será caso para dizer: liberais, mas não tanto, ó Lima!

6 comments:

Rui Martins said...

Talve à coisa de 10 anos ou mais, surgiu tb esse rumor... PSL e Dias Loureiro eram os nomes apontados na época. Agora fala-se de PSL e Portas... Novos tempos... A imagem que restou a PSL é péssima. Duvido que alguém vote num partido que tenha Santana Lopes como figura de proa. Os votos que o PSD recolheu nas últimas legislativas foram os dos fanáticos do PSD, não dos admiradores de PSL, que dificilmente devem ultrapassar a sua (numerosa) família e ex-mulheres...

Pinho Cardão said...

O PSL anda por aí mostrar a sua (des)graça!...
E como gosta do PP, com ou sem D,nada mais natural do que aparecer por aí, qualquer dia, o tal PSL/PP!...

crack said...

Caro Rui Martins
A imagem que restou a PSL é a que ele deixou de si mesmo, e sabemos que ele não tem estrutura para iniciar qualquer projecto partidário credível, se é que ainda há credibilidade nos partidos.

crack said...

Caro Pinho Cardão
O Santana só gosta dele próprio, para começar. Depois, são dois macacos demasiado cheios de si para caberem no mesmo galho.:)

Anonymous said...

o melhor é pedirem ao Eanes para formar um partido. Já tem experiência nisso. Será que foi para isso que o Cavaco o pôs na comissão de honra?

crack said...

Ao comentador anónimo
A fazer fé nas sondagens, quem vai ficar a precisar de criar um partido é o Soares, com o que sobrar do PS que não vota Alegre...ou Cavaco! Sempre pode começar a preparar a próxima candidatura com mais tempo e maior disciplina de voto.