Friday, October 20, 2006

Meter água

O ministro Correia de Campos corta verbas e, em vez de lavar as mãos, como Pilatos, manda-as lavar aos médicos e pessoal de saúde, como forma de evitar a propagação das infecções hospitalares. Tão folclórica decisão não nos surpreende, vinda de onde vem, mas será possível prolongar-se, por muito mais tempo, esta governação de incompetência técnica, como acontece na saúde, na educação e na economia?

2 comments:

espinhaca said...

Hoje em dia, em todo o mundo, quem acompanhar essas coisas da saúde, vai encontrar nas comucicações mais prestigiadas, a insistência e necessidade dos médicos e outros intervenintes com contacto diário com doentes, de praticar um acto tão simples. Lavar as mãos. Com isso pretende-se tornar um hospital num lugar seguro e não um foco de infecções. Quem escreveu esse post está completamente "off" da matéria. Informe-se...

Miguel Quintão said...

A forma como alguns Professores encontraram para que a opinião publica os apoie, é tentar capitalizar apoios noutras áreas.
Subscrevo plenamente o comentário anterior!
Este Post para Professor, leva negativa.