Thursday, May 11, 2006

Para ler, meditar, e retirar as devidas consequências

Tretas, um post imperdível, num blogue todo ele imperdível, o «...bl-g--x-st--...».
Talvez não fosse a sua intenção, mas João Pinto e Castro explica, assim, como cresce, e floresce, uma parte da blogosfera:
«A crescente complexidade dos equipamentos com que interagimos no dia a dia associada à mania da especialização transformou-nos numa sociedade de incompetentes. O mesmo se passa em tudo o resto, e designadamente no mundo das ideias, onde a complexidade dos conceitos também foi acompanhada de um ensino cada vez mais focalizado em áreas cada vez mais exíguas. Vai daí, como ninguém sabe verdadeiramente do que fala, qualquer pessoa pode dizer o que lhe vier à cabeça sobre qualquer assunto sem correr grande risco de ser apanhado em falso.»
Não deixa, também, de explicar por que alguns de nós se deverão dedicar a outras actividades:
«Como combatê-la (a conversa da treta)? Primeiro, esforçando-nos por não falarmos daquilo que ignoramos ou em que não meditámos, o que nem sempre é fácil, porque a pressão para asnear é muito forte. Segundo, treinando o nosso sentido crítico e aprendendo a questionar as afirmações alheias, particularmente aquelas que assumem um tom mais peremptório.»
Depois disto, retiro-me para reflexão.

3 comments:

Pinho Cardão said...

Espero que por pouco tempo!...

IC said...

Confesso que já não vinha aqui há um tempo, porque, devido a falta de tempo, tenho limitado as minhas visitas a blogs centrados em educação-ensino, mas, caro Crack, ainda fico mais desanimada ou desmotivada com essas palavras "Depois disto, retiro-me para reflexão"... eu que já ando um tanto de "birra" com o meu cantinho, a precisar de pausa para reflexão e para outras coisas penduradas com a etiqueta de "em espera"...

crack said...

Caros
Como se vê, a reflexão não adiantou muito. Infelizmente, às sábias palavras de JPC não correspondeu sábia atitude da minha parte.
Como o outro senhor, vou andando por aqui!